A importância dos moldes de injeção na indústria automóvel
A indústria automóvel recorre muito frequentemente à indústria dos moldes para a produção de peças em plástico, pois, para além de assegurar elevados volumes de produção, em pouco tempo, mantém a qualidade e consistência desejadas.

Atualmente, cerca de 50% de um carro é feito de plástico, o que representa 10 a 12% do seu peso total, o que permite uma maior eficiência nos consumos. No entanto, nem sempre foi assim. No início da indústria automóvel, os carros eram feitos de metal, sendo extremamente pesados, lentos e ineficientes. Mais tarde, o plástico foi introduzido como componente decorativa e, após algumas experiências, passou a ser usado em partes funcionais e componentes estruturais.

De facto, o uso de moldes de injeção traz várias vantagens para a indústria automóvel. Seguem-se algumas delas.

A repetibilidade é essencial nesta indústria. Quando uma marca decide criar um novo veículo, a sua produção será nas centenas de milhares. Para acelerar o processo, a indústria recorre aos moldes de injeção, o que lhe permite a produção da mesma peça, com qualidade, num curto espaço de tempo de produção.

À medida que os números de produção de uma peça aumentam, o seu custo diminui. Quando as peças são desenvolvidas, a escala e o custo são dois aspetos a ter em conta, pois, apesar de ser mais barata a produção de uma única peça através da impressão 3D, quando se aumenta os números de produção, os moldes de injeção tornam-se claramente mais vantajosos.

Ao contrário de outras tecnologias, os moldes de injeção possibilitam a escolha de uma grande variedade de materiais, que apresentam, por sua vez, características diferentes, tais como maior ou menor flexibilidade, ou maior ou menor rigidez.

Como os moldes de injeção se fazem a partir da fundição de plástico, estes conseguem adaptar-se a qualquer forma, garantindo qualidade e precisão, na cor desejada, podendo ser alterada a qualquer momento.

Apesar de ser difícil listar todos os componentes que recorrem aos moldes de injeção, certo é que uns encontram-se debaixo do capô (cobertura do motor, tanques para líquidos ou baterias), outros no exterior do carro (para-choques, faróis, espelhos ou grelhas) e alguns no seu interior (volante, painel de instrumentos e cintos de segurança).

A Rectimold produz moldes técnicos de alta precisão para injeção de plástico para diversas áreas de negócio, sendo uma delas a indústria automóvel. Para tal, dispõe de mão de obra qualificada e maquinaria de ponta. Quer saber mais? Contacte-nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.