plásticos recicláveis indústria dos moldes
A indústria dos moldes encontra-se num processo de evolução, por um lado, a nível de produção, que tem vindo a aumentar de acordo com as necessidades dos vários mercados, e por outro, a nível de aproveitamento e utilização de novos materiais, mais sustentáveis e ecológicos. Dada a evolução tecnológica constante, há que olhar pelo Meio Ambiente, que se encontra cada vez mais fragilizado.

Sendo esta uma indústria fundamental para qualquer setor comercial, por que não estimular a produtividade com o recurso a materiais mais sustentáveis e rentáveis, aproveitando as novas tecnologias para melhorar o processo?

Encontram-se em desenvolvimento novas soluções que permitam a reintrodução de materiais na cadeia de produção e de consumo, um trabalho assegurado por equipas interdisciplinares, que incluem a indústria química e de transformação de materiais.

Apesar de a utilização de materiais reciclados no processo de injeção não ser recente, a sua aplicação está limitada a produtos pouco técnicos, em que a perda das propriedades mecânicas, por via da reciclabilidade do plástico, não apresenta um risco para a integridade do produto e segurança do utilizador.

O desafio da reciclabilidade das matérias-primas é grande, sobretudo, em materiais utilizados na indústria automóvel e outras, em que o plástico é amplamente usado com exigências de resistência e de propriedades mecânicas a que não podem deixar de responder.

A Rectimold acompanha desenvolvimentos neste sentido, propondo-se a colaborar com os seus clientes na investigação da aplicação de materiais reciclados em peças técnicas e de grande rigor dimensional, em linha com os seus objetivos no âmbito da sustentabilidade ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *