Na indústria de moldes, a retificação assume papel preponderante, na medida em que é um processo que oferece uma elevada precisão de acabamento.

De facto, muitas das peças maquinadas têm a retificação como última operação de uma ou várias superfícies, sendo crucial um elevado nível de concentração e rigor para não haver desvios no acabamento final.

No caso da Rectimold, a grande maioria do processo de retificação é executado através do uso de retificadoras planas manuais. Trata-se de uma operação com muita intervenção humana, pois a maioria dos processos é feita de modo convencional (máquinas manuais)

Apesar de haver vários tipos de retificadoras (a plana, a cilíndrica universal e a cilíndrica sem centros), estas são máquinas especializadas na atividade de retificar, tornando reto ou exato, dispondo em linha reta, corrigindo e polindo peças ou componentes. Estas são, portanto, máquinas que trabalham peças, no intuito de tornar uma superfície mais precisa, com um acabamento melhor e mais clean.

Há, no entanto, um conjunto de cuidados a ter em consideração para se obter uma boa operação de maquinagem em retificação, como a escolha da retificadora e das suas características técnicas; os cuidados na instalação e manutenção; a escolha do tipo de rebolo e da especificação; como ainda a forma da peça e material.

Dada a complexidade do processo de retificação, a Rectimold possui um departamento extremamente experiente e competente, que alia tecnologia à mão de obra especializada, para a obtenção de peças com um maior rigor dimensional e um acabamento mais clean.

Contacte-nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *